5 de dezembro de 2009

pojeto Livro de Brincadeiras


PROJETO: LIVRO DE BRINCADEIRAS




INTRODUÇÃO


         O livro "Brinquedo-sucata e a criança" foi escrito pelo encantamento da autora com as noções desenvolvidas pelo psicanalista Winnicott sobre a criança, o brincar e a criatividade humana.
         A autora afirma que o melhor que um educador pode fazer por uma criança é ser ele mesmo, uma pessoa em desenvolvimento e em processo criativo.
         A autora diz que brincar é a fonte de vida para uma criança, pois o sonhar e o criar passam da reflexão à prática e nos dizem das possibilidades, aquém e além do reconstruir permanente na educação e  que ça sucata é muito rica e pode ser usada como um simples jogo de criança ou como material intencional das aulas em diferentes espaços levando o brincar a fazer parte do processo de aprendizagem.
         Professora e artesã modificou seu trabalho artesanal quando percebeu a habilidade e a capacidade que seus alunos de cinco e seis anos tinham para construírem brinquedos para si mesmos. Dar espaço para essas crianças brincarem à sua maneira é muito mais importante do que o apoio do professor para a organização de alguma brincadeira.
         O respeito à criança como ser humano que desde a mais tenra idade sente, pensa e se expressa a seu modo, brincando, e seu direito a esse brincar são as mensagens mais importantes, simples, básicas e primordiais.      


 ******************





Objetivo compartilhado com os alunos (produto final): criar um livro de brincadeiras e finalizar o projeto com uma manhã de brincadeiras em que os alunos ensinam como fazer os brinquedos com sucatas e as brincadeiras do livro para os alunos de outras salas de aula.

Justificativa: a confecção de brinquedos com sucatas e de um livro de brincadeiras possibilita às crianças colocarem em jogo seus conhecimentos, suas criatividades aprendendo novas brincadeiras, registrando-as e ensinando à outras crianças e ao mesmo tempo conscientizando-se da importância da preservação do meio ambiente.

O que se espera que os alunos aprendam:

  1. Ampliar seu repertório de brincadeiras.
  2. Apropriar-se, mediante o uso, das características de um texto instrucional.
  3. Construir seus próprios brinquedos com materiais recicláveis.
  4. Escrever as regras das brincadeiras respeitando as  características desse tipo de texto.
  5. Revisar textos.
  6. Fazer ilustrações considerando a complementaridade com o texto escrito.
  7. Escrever considerando a diagramação deste tipo de texto.
  8. Aprender procedimentos de consultas a livros instrucionais.
  9. Utilizar procedimentos de revisão e reescrita de textos.
  10. Desenvolver atitudes cooperativas.
  11. Desenvolver atitudes de respeito com os colegas.
  12. Escutar os colegas.
  13. Opinar nas questões do grupo favorecendo o entendimento.

O que o professor deve garantir no decorrer do projeto:

1.      Levar para a classe livros instrucionais (especialmente de regras de jogos) a fim de que os alunos consultem-nos sempre que preciso.
2.      Possibilitar que os alunos exerçam diferentes funções em todas as tarefas e brincadeiras.
3.      Possibilitar que os alunos procurem soluções para os conflitos durante as brincadeiras.
4.      Favorecer as iniciativas individuais e coletivas, acolhendo as idéias dos alunos e possibilitando que sejam colocadas em prática.
5.      Promover momentos de escrita coletiva das regras das brincadeiras escolhidas.
6.      Propor questões que façam os alunos pensarem sobre o texto específico, sua diagramação e função da ilustração.
7.      Garantir, sempre que possível, o trabalho em grupos para que os alunos possam ser parceiros de fato colocando em jogo os saberes individuais.
8.      Incluir a participação dos alunos a cada retomada do planejamento do projeto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

VOTAÇÃO TOP 30/2014