11 de janeiro de 2018

AS FASES DA BORBOLETA


As borboletas são animais que, juntamente às mariposas, formam a Ordem Lepidoptera. São seres que sofrem metamorfose, ou seja, sofrem mudanças em seu corpo até se tornarem adultos. Como os indivíduos jovens e adultos são completamente diferentes, dizemos que a metamorfose das borboletas é completa.
A vida de uma borboleta pode ser dividida em quatro estágios: ovo, larva, pupa (ou crisálida) e adulto.
A borboleta fêmea adulta coloca seus ovos normalmente nas folhas de uma planta, que geralmente serão utilizadas como alimento quando esses insetos nascerem. As borboletas ficam atentas para a textura da folha para garantir que ela não irá se quebrar após a postura dos ovos. Os ovos demoram cerca de 5 a 15 dias para eclodir, dependendo da espécie, e liberar as larvas, conhecidas popularmente como lagartas.
As lagartas apresentam um corpo alongado e cilíndrico, com cores variadas e, muitas vezes, pelinhos que causam alergias e queimaduras quando tocados. Durante essa fase da vida, esses animais alimentam-se intensamente das folhas de vegetais, causando sérios problemas em locais que apresentam plantações. É dessas folhas que a lagarta tira seus nutrientes e a água de que precisa para sobreviver. A borboleta fica na forma de lagarta de 1 a 8 meses, aproximadamente, dependendo da espécie.
Durante o estágio de lagarta, ocorrem várias mudanças de pele enquanto o animal cresce, geralmente de cinco a oito mudanças. Depois de algum tempo, a lagarta prende-se pela porção posterior de seu corpo através de fios de seda e inicia-se a formação dacrisálida — um estágio imóvel, em que o animal sobrevive graças às reservas nutritivas acumuladas na fase de lagarta. O estágio de crisálida pode durar de uma a três semanas, dependendo da espécie observada.
Observe como ocorre a formação da crisálida e a saída da borboleta adulta de seu interior
Quando a borboleta apresenta-se completamente formada, a crisálida abre-se e o inseto pode sair do seu interior. A borboleta adulta ou imago é uma fase da vida em que ela pode voar e reproduzir-se, o que não ocorre nos outros estágios. Diferentemente da fase de lagarta, a borboleta adulta alimenta-se de substâncias na forma líquida, tais como néctar de flores e frutos em decomposição, uma vez que não apresenta mais maxilas, e sim um aparelho bucal adaptado à sugação. A fase adulta pode durar de cinco dias a um ano, dependendo da espécie.
A borboleta adulta é a fase mais bela do animal em razão da variedade de cores que encanta qualquer observador. Quase não é possível acreditar que ela já foi uma lagarta, não é mesmo?
Você sabia que a cor da lagarta não determina a cor da borboleta adulta? Dessa forma, se a lagarta é verde, a borboleta não será necessariamente verde. A coloração na fase adulta é determinada por fatores genéticos.

Metamorfose das borboletas

                                                  A Lagartinha Comilona

À luz da lua, um pequeno ovo estava depositado sobre uma folha. Num domingo de manhã, o sol quentinho despertou e POP! Lá saiu do ovo uma pequenina e esfomeada lagartinha.
Aí a lagartinha começou imediatamente à procura de comida.
Na 2ª feira, fez um buraquinho numa maçã e devorou-a, mas ainda sentia fome.
Na 3ª feira, fez buraquinhos em duas peras e devorou-as, mas ainda sentia fome.
Na 4ª feira, fez buraquinhos em três ameixas e devorou-as, mas ainda sentia fome.
Na 5ª feira, fez buraquinhos em quatro morangos e devorou-os, mas ainda sentia fome.
Na 6ª feira, fez buraquinhos em quatro laranjas e devorou-as, mas ainda sentia fome.
No sábado, fez buraquinhos numa fatia de bolo de chocolate, num cone de gelado, num pickle, numa fatia de queijo suíço, numa fatia de salami, num chupa-chupa, numa fatia de tarte de cerejas, numa salsicha, num queque e numa fatia de melancia e devorou tudo. Nessa noite sentiu uma dor de estômago!
O dia seguinte era domingo novamente. A lagartinha fez um buraquinho numa linda folha verde e depois disso sentiu-se muito melhor. Agora já não tinha fome – e também já não era uma lagartinha. Era uma lagarta grande e gorda. Construiu uma casinha, chamada casulo, e meteu-se lá dentro durante mais de duas semanas.
Depois, mordiscou o casulo até fazer um buraco, saiu e…
Eis uma linda borboleta!








LAGARTA - RECICLAGEM




Nenhum comentário:

Postar um comentário

VOTAÇÃO TOP 30/2018