19 de outubro de 2009

Dengue: Contágio e Encubação

O CONTÁGIO

         O Aedes aegypti reproduz-se com facilidade em água limpa e parada e em locais com sombra.
         Os ovos são muito resistentes. Mesmo que o local onde estiverem depositados fique seco, eles não morrem.
         Basta um novo contato com a água, no período de um ano, para que o ovo se torne ativo e volte a gerar larvas. Por isso é tão importante prevenir.
         O mosquito carrega consigo o flavivírus , o agente causador da doença que é injetado na corrente sangüínea no momento da picada.
         Quem contamina o ser humano é a fêmea, que precisa da albumina (uma substância do sangue) para completar o processo de amadurecimento de seus ovos.
         A fêmea é escura e rajada de branco, ela é menor que um pernilongo comum e costuma picar durante o dia.
         O mosquito da dengue não zumbe nas orelhas das pessoas como os outros mosquitos, ele é silencioso. O mosquito possui seis patas no tórax, duas asas membranosas e gosta de picar mãos, punhos e tornozelos.

PERÍODO DE ENCUBAÇÃO DA DOENÇA
·        No homem: após ter sido picado por um mosquito infectado, a pessoa apresenta sintomas da doença depois de um período que pode variar de 03 a 15 dias, sendo em média de 05 a 06 dias.
Existem pessoas que não apresentam sintomas, tendo, portanto, a forma assintomática de Dengue.

·        No mosquito: ao picar uma pessoa que apresenta vírus da dengue no sangue, o mosquito se infecta e após um período de aproximadamente 10 dias, está apto a transmitir a doença para outras pessoas.
 Em sua primeira manifestação, a dengue costuma apresentar sintomas parecidos com os de outras viroses de verão, como febre alta, dores nas articulações e de cabeça, falta de apetite, náusea, vômito e, em alguns casos, pequenas manchas vermelhas pelo corpo.

          Se houver uma segunda manifestação, pode ocorrer também sangramento na gengiva, nas axilas e até nas unhas. Quem contrair dengue deve procurar um médico, pois não há tratamento específico e tomar remédios por conta própria é sempre perigoso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VOTAÇÃO TOP 30/2014