9 de setembro de 2009

Texto Caipira

POEMA CAIPIRA

Toda vez qui vejo ocê
Sinto um frio esquisito
Me seca a boca na hora
E por dentro eu sorto um grito

Toda vez qui ocê me óia
Sinto que vô dismaiá
Sinto um fogo na cara
E cumeço assubiá

Toda vez qui ocê me chama
Pra passiá na pracinha
Fico cuntente que só
E me arrumo bem di precinha

Toda vez nóis sai junto
Peço pra Santo Antónho e São Binidito
Procê casá cumigo
Porque acho ocê uma rapaiz muito bunito...
Image and video hosting by TinyPic

4 comentários:

  1. eu quero texto alguem pode me ajudar

    ResponderExcluir
  2. nossa quero conseito de namoro rsrsrsrsrsrsrsrsrsr

    ResponderExcluir
  3. muiiiiiiiiiiiito fofo amei ti fooooofo

    ResponderExcluir
  4. obrigado ajudou muito no meu trabalho da escola

    ResponderExcluir

VOTAÇÃO TOP 30/2014